Materiais: Aquarela – Tintas e paleta

Oi, tudo bem com você? Espero que sim! :)

Eu gosto muito de ler posts nos quais as pessoas contam sobre os seus materiais. Acho que é uma forma divertida de trocar conhecimento… Por isso, acho que seria legal falar mais sobre meus materiais por aqui (e retribuir pro mundo um pouco do que tenho aprendido por aí).

Há uns meses, eu fiz um post no qual contei sobre minha experiência com papéis para aquarela para iniciantes até então. Hoje falarei sobre a aquarela em si e minha experiências com algumas marcas de tinta.

Aquarela – O que é?

Aquarelas são tintas compostas basicamente por um aglutinante natural (goma arábia) ou sintético, pigmentos e água, que faz o papel de solvente.

A característica da técnica, se usada de forma tradicional, é a transparência da tinta o que permite uma sobreposição de camadas e construção da cor. Pro branco não se usa tinta, mas o próprio branco do papel.

Existem opções de aquarelas em tubo, em pastilha e liquidas. Minha experiência se resume às aquarelas em tubo.

Minhas primeiras aquarelas: Guitar, Pentel e Sakura

Lilacpow_Aquarela_2
Tenho 2 kits de aquarelas Guitar, 1 com embalagem de papelão e o outro com embalagem de plástico.

Minhas primeiras aquarelas foram das marcas Guitar e Sakura. Meu pai as comprou em um Garage Sale, um tipo de bazar (daqueles de filme americano) que é bem comum aqui em Brasília… (Meu pai gosta muito desse tipo de venda e quase sempre comprava os  materiais de arte que ele achava, para que eu pudesse experimentar coisas novas. :))

Pelo que já olhei na internet, acredito que as tintas Guitar não são mais vendidas em lojas. Elas são bem antigas e até ‘vintage’. As embalagens são uma graça e já vi uma das de papelão vazia sendo vendida no e-bay. Embora tenha pesquisado a respeito, nunca consegui descobrir muito sobre a qualidade delas (e também não diz nada na embalagem), mas pela minha prática elas são parecidas com as tintas da Pentel e da Sakura (mas eu gosto mais das da Guitar, pois tenho mais variedade de cores da marca).

Já minhas tintas da Pentel, foram fruto de uma troca em um ‘bazar’ que participei na casa de uma amiga  (aquela pessoa que nunca compra nada… – Mentira! :P).

As tintas da Pentel e da Sakura são bastante populares, pois tem um custo benefício bem interessante para quem está começando a usar aquarela. Rola de investir sem gastar muito e experimentar sem medo! Acho que essa é uma das maiores qualidades da marca!

Por serem tintas para estudantes, tem pigmentos de classe mais baixa, com propriedades como a pigmentação e a permanência inferiores. O problema dessas tintas é que com o tempo as cores da pintura, se exposta, tendem a se alterar/desbotar.

Um adendo: Essa questão da pigmentação/permanência pode vir a ser um problema para um trabalho que seja exposto. Se o trabalho é para estudo ou para reprodução, não é necessariamente um problema… Acho válido falar disso aqui, pois quase sempre via as pessoas na internet falando super bem de tintas caras e as vezes esculachando as baratas, mas me parecia uma questão só de elitismo… Não via ninguém colocando uma questão prática pra explicar.

Tanto a Pentel quanto a Guitar, tem opções de cores opacas, principalmente nos seus estojos maiores (quanto a Sakura, não sei se tem estojos maiores e como são). De acordo com o que aprendi nos meus estudos, tintas opacas não são consideradas aquarela, mas sim guache. (Algo que acho que pode ser um fator a considerar antes de investir num estojo grande dessas marcas.)

Lilacpow_Aquarela_6
Uma da minhas primeiras ilustrações usando aquarela, realizada com algumas dessas tintas.

Desde os meus primeiros experimentos com aquarela, há alguns anos, e até pouco tempo, eu usava essas tintas feliz da vida! Desde sempre eu curtia o resultado e considerava uma técnica apaixonante. :)

Algumas dessas tintas já estão secas… Mas dá pra usar, é só rasgar a embalagem (como dá pra ver que eu fiz com a amarela da Pentel), macerar um pedaço de tinta e misturar a água. 

W&N – Winsor & Newton Cotman

Lilacpow_Aquarela_3

Minhas tintas Cotman, eu comprei (sim!) no Rio, pouco antes de ter aulas com o Renato Alarcão. Elas são categorizadas como tintas para ‘estudantes’ (de acordo com o Alarcão: ‘estudantes gringos’…). Pelo que já pude notar, aqui no Brasil são utilizadas por vários ilustradores profissionais… Provavelmente por terem uma qualidade bastante superior as ‘nossas’ tintas para estudantes e também por já terem um custo meio salgado.

Se você olhar atrás da embalagem dessas tintas, tem escrito a qual classe de permanência ela pertence… Consultando a tabela, poderá verificar que geralmente trata-se de uma classe alta ou muito alta. Não sei se no exterior existe algum tipo de norma que estabeleça tabelas diferentes para as tintas de estudantes e para as profissionais, mas suponho que não. De qualquer forma, a verdade é que esse tipo de informação nem aparece nas tintas mais baratas para estudantes.

Atualmente são minhas tintas principais para meus trabalhos e gosto bastante delas. :)

Tem uma coisa que me incomoda nesses tubos da W&N, porém: Acho que a tinta gruda da tampa e eu acho bem difícil destampá-las quando isso acontece… Especialmente se não quiser desperdiçar tinta nem fazer bagunça (obviamente não quero nada disso, mas é o que rola sempre). ¬¬

HWC – Holbein Artists’ Water Color

Lilacpow_Aquarela_4
O nome da cor do meio é Opera <3

Tenho 3 tubos de tinta Holbein – HWC. Eu as achei na casa dos meus pais e não sei exatamente como elas vieram para aqui… mas provavelmente vieram também de algum bazar. Só sei que elas são anteriores as minhas W&N.

Elas são as minhas únicas tintas classificadas de fato como profissionais. O volume dos tubos que eu tenho é grande (15ml), elas tem uma textura diferente (e que eu acho bem gostosinha) e elas são lindas lindas! <3 Trata-se de uma marca japonesa e já li que elas tem uma variedade de cores maior do que outras marcas. Embora eu tenha curiosidade de experimentar várias outras marcas (e também boas tintas em pastilha), se eu tiver oportunidade, da próxima vez que eu for investir em tintas, gostaria de comprar outras cores dessa marca. São as minhas favoritas!

Acho válido dizer que as tampas não tem o mesmo problema das da W&N e eu gosto bastante da embalagem delas! (Porém uma vez derramou tinta – da W&N ¬¬ – no meu estojo e sujou um dos rótulos… Fui limpar e o rótulo desbotou. :P)

Uma desvantagem dessa tinta é que ela é cara (mesmo em pesquisas que fiz dela em sites do exterior)… Também nunca encontrei pra vender esses tubos individualmente aqui no brasil (só o conjunto com tubos menores, mas mesmo o conjunto é beeeeeem raro).

Paleta

Lilacpow_Aquarela_5

Tenho uma paleta dobrável pequena que comprei na Calunga, uma grande papelaria do RJ que vende alguns produtos mais especializados. Foi a única que eu encontrei lá e eu gosto bastante dela, mas se tivesse uma maior do mesmo tipo eu teria preferido. Como ela não é muito grande,  já está praticamente toda ocupada… Então no dia que eu comprar mais cores, vai faltar espaço. :P

Uma coisa que eu gosto do fato dela ser dobrável, é que as tintas ficam um pouco mais protegidas de poeira (e pelos do meu gato Palmito – que estão em todo lugar) entre um uso e outro. :)

Eu organizo a minha paleta de acordo com o método que aprendi com o Alarcão. Tento colocar as cores na ordem do círculo cromático e sempre na parte mais fundinha do buraco. Fica bem organizadinho e mais fácil de se localizar/usar. Tento usar as áreas próximas de cada cor para misturar a tinta e a água quando a quero mais diluída. Assim não misturo tanto as cores e consigo limpar a paleta menos vezes.

Sei que tem gente que reutiliza embalagem de spray de cabelo e põe água nele para borrifar a paleta… Eu nunca tive um spray desses pra reaproveitar, então uso o mais parecido que tinha a mão: um borrifador (que, sim, também uso pra borrifar água no cabelo).

Dica para você que está querendo comprar aquarelas:

Caso você queira uma dica, acho válido você comprar aquarelas da Pentel ou Sakura se estiver querendo gastar pouco e testar sem medo de ser feliz (provavelmente você será mesmo! Aquarelas são demais!), mas caso esteja disposto a investir um pouco mais, acho que pode valer mais a pena comprar poucas cores da W&N (e mistura de cores tá aí pra isso) do que um big estojo das outras duas.

As minhas W&N eu comprei num valor bem em conta de uma moça no Rio, se você for de lá e interessar, pode me pedir o contato dela que eu mando!

Já usei paleta reta (daquelas de tinta a óleo), godê e até forma de gelo e a minha mesa pra preparar as tintas. Tudo é válido e funciona até bem, mas vale muito a pena investir na paleta dobrável. É muito prática e conserva mais as tintas! <3


Espero que o post tenha sido útil! Qualquer duvida, estou a disposição para tentar responder!

Se você tiver conhecimento de alguma informação que possa complementar esse post ou sugestão de algum outro assunto sobre o qual eu poderia falar, não deixe de me contar nos comentários!

Em breve, escreverei um post sobre pincéis para aquarela.

Beijos e até logo!

Lila

Veja também:

  • Adorei o post, Lili!!! Nunca tinha ouvido falar nessas marcas, guitar e hwc. Fiquei curiosa. Eu tenho uma paleta (aqui no sul, a gente chama de godê) dessas, e por falta de espaço, acabei comprando uma maior, sim. E no fim das contas, uso as duas D: E AINDA falta espaço pra mais misturas. auishasui mas elas são muito práticas mesmo. eu já tinha visto outros artistas organizaram suas tintas dessa forma na paleta também, mas não consegui fazer. T_T fica tão mais bonito de se ver mesmo. haha

  • Thatyane Mendonça

    Ótimo post Lila!!! Também sou voyeur de material artístico hahaah.
    Nunca tinha ouvido falar da Guitar e hwc e achei interessante essa parada de adquirir os materiais em venda de garagem, por aqui não tem essa cultura que é muito bacana.
    Ainda não tenho esse godê fechadinho, to querendo um! Bacana sua organização, vou copiar. :D Hoje tenho aquarelas pentel, algumas cotman em tubo e um estijinho de pastilhas Van Gogh. Curti tanto a praticidade das pastilhas que acabei deixando as outras meio de lado.

  • Oi, Bia! Que bom que gostou! Esse ano tou me organizando pra fazer mais posts diferentes, inclusive assim mais ‘utilitários’.

    Uma hora dessas devo acabar comprando uma maior tb. Mas enquanto a minha ainda tá cabendo, vou nela mesmo pra não ter mais um gasto e uma coisa pra guardar (não tenho muito lugar pra guardas as coisas no momento)! Eu chamo de godê aqueles potinhos pequenos… não sei se o nome só vale pra eles… Ahaha.

    Mulher, como vc é espaçosa! Tem 2 paletas e ainda precisa de mais espaço? Meu professor tinha uma gigante (devia ter o tamanho de um a3, acho, e tinha nichos ao redor dela toda). De repente pra vc vale a pena um desses. Cheguei a ver dela, mas achei muito cara para o q é… aí não tive coragem de comprar (mas foi numa papelaria meio cara que encontrei). Eu gosto dessa forma de organização pelas cores, pois acho que fica mais fácil de misturar as cores sem fazer bagunça e de pensar na combinação de cores.

  • Oi, Tathy! Que bom que gostou! Aqui se difundiu muito essa cultura de garage sale, acho que por ter embaixadas e tal. Hoje tem sempre, mas nem é tão legal pq a coisa fez tanto sucesso que teve gente que fez disso um negócio (então virou uma coisa mais artificial – e as vezes não tão barata). De qq forma é bem legal quando aparece uma coisa diferente que você não encontraria numa loja ou um material novo pra testar tipo essas aquarelas da hwc que provavelmente eu não teria muita facilidade de conhecer de outra forma – ainda mais por um preço módico que elas devem ter custado. :)

    Acho que vale a pena você comprar o estojinho. Ainda mais que vc tem aquarelas de tubo encostadas aí… pois ajuda muito a torná-las mais práticas!

    As Van Gogh são boas? Você acha que são das da Cotman?

  • Thatyane Mendonça

    Pois é, preciso mesmo comprar o godê fechado, tenho cores lindas da pentel que nunca mais usei por preguiça rs.
    Então, quando decidi comprar as aquarelas em pastilha, minha ideia era comprar aquele estojinho de 12 cores bem popular da Cotman, mas na pesquisa de preços encontrei esse que eu uso da Van Gogh com quinze cores e uns 30,00 mais barato. Já tinha ouvido falar da Van Gogh e fui pesquisar mais, li resenhas positivas dela que falavam que ela é feita com o mesmo pigmento da linha profissional… daí resolvi arriscar e adorei! Não perde em nada pra Cotman, é bastante pigmentada e naqueles quesitos de resistência à luz ela é até melhor colocada que a Cotman. Quero ainda experimentar outras marcas, tenho muita curiosidade com as linhas de profissionais de verdade, quando tiver oportunidade quero comprar alguns pra ver de qual que é. :D

  • Saquei! Com já conheço as da Cotman penso em comprar um dia pastilhas de outra marca pra testar. Tb tenho curiosidade de comprar marcas profissionais… :D mas isso deve ficar mais pra frente! Obrigada pela resposta!

  • eu faço muita mistura de cores, por isso acabo precisando de mais espaço T__T nunca vi um desses grandões que tu descreveu…vou dar uma pesquisada..também não posso gastar muito T_ T obrigada pela dica, mais uma vez! :D

  • Achei essa num site por – chocantes – R$ 107,00 (Godê para Aquarela Trident Grande 12470 – tem 40x50xm, 30 cavidades e tampa). A que eu vi nem era tão cara e eu já tinha achado um absurdo! Mas que seria legal ter uma dessas, se fosse mais barato, seria!

  • Que amor o teu godê todo organizado por cor. O meu é uma zona :D
    O bom desses fechados é que a tinta não pega poeira. Para os abertos é bom pegar aquelas touquinhas plásticas pra tampar pote, sabe? Parece touca de cabelo, mas é mais fina. As tintas da Holbein são ótimas, mas difíceis de encontrar. Gostei muito das Rembrandt e Van Gogh, quero comprar mais cores.

  • Ahaha! Lidy, o meu também era! Só mudei por influência do Alarcão mesmo que é bem metódico com algumas coisas. Acho que ajuda a usar o círculo cromático a nosso favor! Essa dica da touquinha é ótima! Nunca tinha pensado nisso! Vc já achou das Holbein pra comprar individuais? Onde? Vc achou mta diferença entre a Rembrandt e a Van Gogh? São 2 linhas da mesma marca, certo?

  • Da Holbein não, mas da Talens tem na Koralle e em outras lojas. A Rembrandt é mais consistente, enquanto a Van Gogh é mais diluída. Mas eu achei as duas bem mais pigmentadas que as da Cotman,

  • Saquei! Quando estiver podendo investir, quero testar!

  • ahhh é interessante mesmo…mas acho que é muito grandona pra minha mesinha T___T

  • Ronaldo Lira

    Ola,estou iniciando e queria saber onde posso ter boas aulas de aquarela…sou do Rio De Janeiro,conhece alguem por aqui? Abraço!

  • Oi, Ronaldo! Eu morava no Rio e fiz aula com o Renato Alarcão. Gostei muito! Recomendo. Acho q ele tá pra começar uma turma. Dá uma olhada na página do facebook dele! Tb falam mto bem do curso da Sabrina Eras que é online! Obrigada pela visita e abraços pra você.

  • Que delícia o seu blog! Comecei aquarela há poucas semanas e estou aprendendo sozinha, por isso estão buscando estudar o máximo possível em momentos que não posso praticar.
    Minha paleta é exatamente como a sua e eu amooooooo! Essa é uma coisa que amei da aquarela: sem desperdícios de tinta – a tinta seca na paleta e depois é só molhar de novo <3

  • Que ótimo, Mayra! Aquarela é uma delícia! Também amo essa paleta e adoro a praticidade, tanto dela quanto da aquarela! :)

    Boa sorte nos seus estudos! Quando comecei a estudar também via muitos blogs… Meu favorito era o da Juliana Rabelo (que anda meio parado já que a bichinha tem trabalhado muito… mas tem muito conteúdo incrível)!