Materiais: Pincéis para aquarela

Oi, tudo bem com você? Espero que sim!

Meu plano para hoje era fazer um post que mostrasse o processo de uma ilustração que estou desenvolvendo, pra variar um pouco o conteúdo desse meu bloguinho. Mas não consegui finalizá-la a tempo de mostrar por aqui, essa ideia terá que ficar para um outro momento… Por isso decidi tentar manter minha meta de atualizar com frequência e fazer um post que eu pretendia fazer mais pra frente sobre pincéis para aquarela! :)

Assim como nos posts que fiz sobre papéis para iniciantes e sobre tintas e paletas, vou compartilhar o que já aprendi mais teoricamente sobre pincéis, mostrar os que uso e contar um pouco  minha experiência prática com eles.

Pincéis pra aquarela – Quais são e pra que servem?

lilacpow_pincéis para aquarela_2

Tradicionalmente, pincéis para aquarela são pincéis de cabos curtos pois, diferentemente dos pincéis para tinta a óleo e acrílica, na aquarela trabalha-se próximo ao suporte.

No geral, também é importante que sejam pincéis macios e com boa capacidade de carregar tinta. Os pincéis mais utilizados são os redondos (dá para começar só com um pequeno conjunto deles) e os chatos.

Pincéis de pelos naturais (de marta, zibelina vermelha e kolinsky) tem ótima performance nos quesitos acima. Além disso, são versáteis! Eles fazem uma boa ponta, podendo ser utilizados tanto em aguadas maiores quanto em trabalhos mais delicados. Para quem não utiliza matéria prima animal ou não quer ou não pode investir num desses pincéis (que são mais caros) há também opções muito boas de pincéis sintéticos!

Para efeitos diferenciados, além dos pincéis macios, pode-se utilizar outros tipos de pincéis (mais duros/ásperos ou com outros formatos), rolinho, esponja, papel toalha amassado e até escova de dentes, lixas e lâminas!

DICA IMPORTANTE! (Ou: para que servem os pincéis para aquarela?)

Por ser uma técnica em que a tinta costuma ser utilizada muito fluida, na aquarela os pincéis servem tanto para colocar a tinta no papel, quanto para retirá-la! (E isso pode ser tanto um efeito indesejado como algo útil!)

Se você deseja criar um efeito mais uniforme, deve tentar utilizar o pincel apenas numa direção! Ou seja: deve evitar passar o pincel duas vezes no mesmo local, enquanto a tinta ainda está molhada,  pois há o risco de retirar tinta de onde você já colocou e criar machas indesejadas!

Já se houver tinta demais em um ponto da pintura (ou se você quiser tentar criar um efeito), o pincel seco pode ser utilizado para retirá-ao do papel (e levar esse excesso para um papel toalha ou paninho por exemplo).

Meus pincéis (que uso para aquarela)

lilacpow_pincéis para aquarela_3
Pincéis de pelo de marta, amor puro, amor verdadeiro! <3 <3 <3

Quando eu era criança, minha mãe pintava telas com tinta a óleo e na minha adolescência, comecei a estudar essa técnica de pintura também. Por isso aqui em casa tem dezenas de pincéis acumulados por anos e anos (fora a história dos garage sales que contei aqui que também incrementou nossa coleção de pincéis).

Meus pincéis favoritos <3 <3 <3 de todos os que tenho são esses que aparecem acima. Acredito que eles estão aqui em casa há bastante tempo. São pincéis redondos de pelo de marta. Os maiores (nº 5 e acho que 7) são da marca Tigre e o menor (nº 0) da marca Condor. Os 3 são ótimos para a técnica e como não faço aquarelas muito grandes, praticamente suficientes para os meus trabalhos (gostaria de ter 1 ou 2 de números maiores – tipo um nº 12 – desse material, mas, por hora, poderia sobreviver muito bem só com eles).

lilacpow_pincéis para aquarela_4
Pincéis Keramik.

Também entre os meus pincéis favoritos, estão esses da Keramic. São sintéticos e tem uma boa relação custo-benefício e comprei os 3 no RJ. Para aquarela, recomendo essa linha azul (311) que aparece acima. Embora eu prefira os de pelo de marta, também uso muito esses da Keramic, já que são os pincéis redondos (meu tipo favorito) de maior diâmetro que tenho.

Já ouvi falar que os pincéis de pelo de esquilo (amarrados com arame) dessa marca são ótimos para aquarela. Gostaria de testar mas ainda não encontrei desse tipo para vender nas lojas em que fui.

lilacpow_pincéis para aquarela_5
Pincéis Keramic estampados! <3

Comprei esses pincéis da linha 230s da Keramic, numa loja de presentes baratos – onde antigamente as coisas custavam 1,99 – aqui no DF. pois estava querendo testar pincéis chatos nos meus trabalhos e já conhecia e gostava da marca. Confesso que fui atraída  também pela estampa deles e sou apaixonada por ela! <3 Eles não são tão macios quanto os da linha azul e por isso não uso tanto. Não recomendaria como uma ótima opção para aquarela mas acho que foi uma aquisição muito decorativa. <3

lilacpow_pincéis para aquarela_6
Pincéis leque de cerda chinesa.

Esses pincéis leque são de cerda chinesa e da marca Tigre. Eles estavam aqui em casa e eu os peguei para testar já que tem esse formato diferente que desperta a curiosidade da gente :P. A cerda chinesa não é uma fibra macia, mas são pincéis que podem criar efeitos interessantes com a aquarela, como por exemplo folhas de grama! Acho que para quem gosta de pinta paisagens pode ser uma boa aquisição.

lilacpow_pincéis para aquarela_7
Pincéis longos (Sable Touch e Fine Touch).

Esses são 2 pincéis longos e também os comprei no RJ. Originalmente, os adquiri para pintar com tinta acrílica mas também os uso para aquarela. Também são da marca Tigre. O preto é Sable Touch e o azul Fine touch. O preto carrega bem tinta e também indico essa linha como opção para aquarela! Já ouvi falar que essa linha azul não é adequada para aquarela (não sei se um maior não carregaria tinta tão bem ou seria muito áspero), mas uso bastante esse menorzinho que é nº 3 como opção ao meu nº 0 de pelo de marta.

Tenho também uns pincéis transparentes da Tigre (esqueci de fotografá-los) que me indicaram como sendo bons para aquarela. Até que são bonitos e tal, mas pessoalmente não gostei do toque deles no papel e não uso para a técnica. Não sei se existe mais de um tipo desses pincéis com cabo transparente (nos meus tem escrito 532, o nº do pincel, Pinctore Tigre, Fine Touch Brasil)… mas a princípio não recomendo.

Algumas dicas:

  • Como eu disse lá em cima, dá para começar com um conjunto pequeno de pincéis! Recomendo que prefira os redondos: 1 mais fino, 1 médio e 1 grosso (mas se você estiver pensando em fazer trabalhos maiores e sem detalhes pequenos – o que não é ruim – pode ser 1 médio e 1 grosso). Considero que os que tem melhor custo benefício para quem quer experimentar a técnica são os da linha azul (311) da Keramic. Caso possa e queira, vale a pena investir num pincel de marta… É muito bom e, cuidando-se direitinho, o tipo de material que dura uma vida;
  • Descarte aquele plástico que vem nos pincéis, depois de retirá-lo pela 1ª vez. Se você tentar colocar de volta, provavelmente algum pelo vai ficar espetado fora do lugar, atrapalhando a pintura! Ouvi essa dica de um professor há pouco tempo e gostaria de ter ouvido ela antes, pois já estraguei pincel fazendo isso (e pensava que o problema era eu… Ahahaha);
  • É bom usar 2 recipientes com água para limpar os pincéis enquanto estiver pintando. Um para tirar ‘o grosso’ da tinta e outro para limpar o pincel totalmente antes de partir pra próxima cor;
  • Quando acabar de usar os pincéis, não os deixe mergulhados na água. Isso pode amassá-los! Lave-os e deixe-os secar na horizontal (para não correr o risco da água se infiltrar na madeira do cabo) antes de guardar;
  • Não lave os pincéis com água quente. Isso pode fazer os pelos descolarem!
  • O ideal é você não usar seus pincéis para aquarela para outras técnicas, pois eles podem estragar. Se possível, deixe-os separados só para aquarela;
  • Quando for pintar, evite esfregar o pincel no papel! No geral a pincelada da aquarela é mais suave (o que preserva tanto o papel quanto o pincel);
  • Teste pincéis e pinceladas diferentes! É interessante conhecer os materiais na teoria, mas só com prática e observação aprendemos de fato a lidar com eles e a usar de formas bacanas as diversas possibilidades que eles oferecem!
  • Não fique neurótico querendo obter pinceladas perfeitamente controladas! Uma das graças da aquarela é a sua fluidez que muitas vezes cria efeitos bonitos e surpreendes!  Deixe que ela faça a parte dela! <3 <3 <3 :DDD

Espero que o post seja útil (e que tenham gostado da participação especial do meu modelo – e ajudante pau pra toda obra – Boneco articulado)! Se houver alguma dúvida, deixe nos comentários que farei o melhor para responder! :)

Se você tiver alguma informação extra que possa complementar ou trazer alguma informação diferente com relação a esse post, deixe nos comentários! Vou adorar aprender mais e conversar com você!

Em breve (provavelmente no mês que vem), pretendo escrever um post contando um pouco da minha experiência com outros materiais que uso junto da aquarela. Caso queira sugerir algum tema para que eu escreva no futuro, também é muito bem vindo!

Beijos e até breve!

Lila

Veja também:

  • Thatyane Mendonça

    Adorando suas dicas sobre materiais! Não testei muitos pincéis até hoje e todos que tenho são sintéticos, os de pelos naturais fico nesse impasse entre o preço e também por ser de animais… mas tenho vontade sentir a diferença. Ahhh deixo o plástico no pincel, indo correndo tirar!!! E também super concordo com você, sem neuras com os “defeitos especiais” da aquarela. O legal dela é justamente essa parada dela ser um pouco “selvagem” hahah. bjo ;)

  • Oi, Tathy! Que bom que está gostando! Mulher, tenho a teoria de que quando a gente só conhece e está lidando de boa com um material mais básico e não teve contato com um mais sofisticado, não faz nenhuma diferença… A diferença só rola quando a gente passa de um pra outro q aí a gte se vícia (ou quando é um material mto ruim mesmo… tipo pastilha de aquarela de criança ou um pincel que solta os pelos… é mto visível que o material tá atrapalhando o resultado). Sinceramente, acho que a diferença mais gritante é das tintas e papéis. No caso dos pincéis, já li em algum lugar que rola usar mais variações de numeração por exemplo… Tb tenho um pouco o dilema do uso de animais… Não sou vegetariana, mas tenho minhas ressalvas quanto ao uso que fazemos deles… então fico pensando se comprarei outros pincéis de marta e tal. Que marca/linha de pincel vc usa? Quando vc colocava o plasticozinho era de boa? Ele não puxava alguma fibra do pincel? Pq isso sempre acontecia comigo! Ahaha! :/ E a textura da aquarela é linda demais! <3 Beijos!

  • Thatyane Mendonça

    Então, na verdade eu só tinha um com o plástico que é um condor nº 0 e eu ficava no maior cuidado pra colocar… daí lendo seu texto eu me toquei que ia acabar estragando e tirei kkkk. Meus primeiros pincéis foram uns tigres e comprei totalmente sem rumo, eles não são para aquarela, mas comecei com eles mesmo. Depois de um tempo comprei um kit próprio pra aquarela da Artist’s Loft, que é uma marca própria da loja Michael’s, não tenho tanta base de comparação, mas fez uma diferença enorme em comparação aos que eu tinha. Com certeza eles não são os melhores, mas trabalho bem com eles. Mas meu amorzinho dos pincéis é um cotman que veio com umas tintas que comprei, gosto bastante pq ele é maleável no tanto certo, quero ir adquirindo mais dessa marca. Ah por último comprei desses da pentel com reservatório, já vi gente que ama e odeia hahah, eu curti, achei bem útil pra espalhar água e gostei das cerdas tb.

  • Massa! Fico curiosa pq não tenho mta experiência com pincéis então é bom ir conhecendo pra se um dia for comprar mais! Obrigada!

  • mas olha só, até os teus pincéis são lindos *O* nunca tinha visto esses pincéis estampados! me apaixonei por eles. Acho que compraria só pra enfeite no meus copinho de pincéis! iaehauiehu Mas ótimas dicas, Lili! <3

  • Ahahaha! Difícil resistir! Sei que tem outras estampas tb… mas não se são de outros tipos! Q bom q gostou das dicas! :) :*